bem-vindo

AO ÚNICO, VERDADEIRO, ORIGINAL!

curso de medicina de emergência
desde 2002

tradição

0
Anos de história

experiência

+ 0 Mil
Alunos Formados

qualidade

0 %
Avaliação bom e ótimo

Questão#40

40

Mulher de 57 anos de idade, em quimioterapia para câncer de mama, último ciclo há 10 dias, procura o departamento de emergência com quadro de queda do estado geral, prostração, febre e calafrios há 4 horas. Ela nega cefaleia, tosse, dispneia, dor torácica, dor abdominal, diarreia ou sintomas urinários.

Exame físico: desidratada (1+/4+), orientada, hipocorada (1+/4+), anictérica; T: 38,8°C, PA: 110 x 60 mmHg, FC: 100 bpm. FR: 18 ipm; restante do exame físico normal. Além da coleta de hemocultura, exame de urina, urocultura, hemograma e exames séricos gerais, a conduta correta é:

 

  1. Aguardar até 1 hora pelo leucograma e iniciar piperacilina-tazobactam IV (4,5 g, IV), se contagem de neutrófilos abaixo de 500/mm3.
  2. Aguardar até 30 minutos pelo leucograma e iniciar ceftaroline (600 mg, IV), se contagem de neutrófilos abaixo de 100/mm3.
  3. Prescrever cefepime (2g, IV) e reavaliar a antibioticoterapia após o resultado do leucograma.
  4. Prescrever ceftazidima (2g, IV) + vancomicina (1g, IV) e reavaliar a antibioticoterapia após o resultado do leucograma.
  5. Aguardar o resultado do leucograma por no máximo 90 minutos, mas iniciar imediatamente a antibioticoterapia IV de amplo espectro se o paciente piorar.

 Resposta abaixo:

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Resposta certa :    c)   Prescrever cefepime (2g, IV) e reavaliar a antibioticoterapia após o resultado do leucograma.

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Dr. Herlon Saraiva Martins
Termos de uso & Política de Privacidade

© 2019 – Curso de Emergências – Todos os direitos reservados

×
×

Carrinho